Como Encontrar o Imóvel Ideal?

Atualizado: 24 de mar.

A compra de um imóvel se inicia muito antes da transação financeira. Muitas vezes, esse momento reflete sonhos e objetivos de vida, envolve cálculos racionais e muitos sentimentos também.

Entretanto, para que se garanta a escolha do imóvel siga sem transtornos, recomendamos algumas dicas para garantir que o próximo passo é o certo para você e sua família. Buscando auxiliá-lo, separamos algumas dicas para ajudar nessa etapa:


1. Conheça o limite financeiro da sua família antes de iniciar a procura do imóvel.

A compra de um imóvel costuma ser um dos maiores investimentos de muitas famílias, tanto em relação ao tempo dedicado para descobrir os detalhes da residência dos sonhos, quanto ao conhecimento sobre as próprias finanças.

Deve-se pesquisar o máximo possível todos os custos envolvidos no negócio e se preparar financeiramente para arcar com os pagamentos de impostos e gastos de legalização inerentes à uma compra de valor tão considerável como esta.

O corretor poderá trabalhar em conjunto com a instituição bancária escolhida pelo cliente para auxiliá-lo nesta jornada. Os contratos de financiamento têm a obrigação de informar com clareza projeções dos pagamentos, obrigações, impostos e gastos extras aos clientes. Além de considerar os custos de aquisição, se planeje para eventuais custos de condomínio, manutenção e IPTU. Faça muitas perguntas e só se comprometa quando se sentir seguro.



2. Faça uma lista das necessidades da sua família.

Cada família possui seu próprio desenho, por isso, esclareça ao máximo seus desejos:

-Pretendemos ter filhos ou aumentar ainda mais a família?

-Recebo muitas visitas? Quantos quartos eu gostaria de ter?

-Eu quero uma casa bem espaçosa ou prefiro um lugar mais aconchegante e fácil de manter limpo?

-Quero uma área de lazer completa com churrasqueira, piscina e quintal? Ou prefiro uma área que não exila tanta manutenção?

-Eu prefiro uma garagem grande para muitos carros?

-Tenho animais que gostaria que ficassem pertinho da gente?

-Preciso de um escritório silencioso dentro de casa ou de uma sala de TV bem grande para todos se acomodarem juntos?

Esses são apenas alguns exemplos... Pense com calma no seu estilo de vida, hábitos que você já tem ou hábitos que gostaria de criar. Tenha em mente que essa é a hora de sonhar!


3. Verifique a planta do imóvel

Sempre é importante se atentar para a planta do imóvel para verificar incidência solar e para se atentar sobre o tamanho e disposição dos móveis após a mudança. Muitas vezes, não temos muita ideia de como nossos antigos móveis ficarão dispostos no ambiente ou, até mesmo, se caberão na nossa residência.

Muitas vezes, podemos verificar no projeto o tamanho das janelas, qual área recebe o sol forte da tarde ou a iluminação agradável da manhã. Essas disposições influenciarão no conforto térmico da casa, uso de ar condicionado e ventilação dos cômodos.

Janelas voltadas para o Norte costumam ser garantia de maior incidência solar, garantindo economia na conta de luz e a possibilidade de montar um jardim frondoso para aqueles que amam plantas. Fachadas voltados para o Leste recebem a luza matutina e as direcionados à Oeste recebem maior iluminação durante o período da tarde.


4. Analise cuidadosamente a região que deseja viver.

Ao iniciar a busca, considere a localização do imóvel pois esta característica influenciará imensamente a qualidade de vida dos moradores. Fatores como trânsito em horas de tráfego intenso, alagamentos recorrentes nas vias de acesso, supermercados e estabelecimentos comércios próximos, escolas, hospitais, academias, distância do local de trabalho.

Tenha em mente que a segurança nos arredores e a valorização da área, além de influenciarem sua experiência de moradia, poderão até mesmo facilitar uma futura venda do imóvel.

Toda a rotina familiar deverá ser revisada com calma para evitar inconvenientes que dificultarão a vida após a mudança.




2 visualizações0 comentário